Arquivo da tag: Jornadas

Artigo: Gêneros textuais e a diversidade do trabalho pedagógico no ensino da língua portuguesa: arte sequencial

Resumo do projeto que será apresentado este ano O Seminário de Iniciação Científica (SEMIC) e a Mostra de Pesquisa da Pós-Graduação da PUCPR e que já foi apresentando na 2a Jornadas Internacionais de Histórias em Quadrinhos da USP.

GARCIA, Marcio Roberto da Silva 1
OLIVEIRA, Fabiane Lopes de 2
PIBIC – Bolsa PUCPR-PIBIC

Introdução: Segundo SILVA e NETO (2011): “Nosso fascínio pela imagem, bem como a necessidade de se comunicar, data desde os primórdios da história da humanidade”. Partimos do principio que utilizar imagens em sequencia para contarmos uma história poderia auxiliar os alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio com suas dificuldades de leitura e interpretação de textos. Objetivo: Verificar como estão sendo elaboradas as políticas de incentivo a leitura dentro do âmbito escolar, quais são as ferramentas utilizadas, e como objetivo específico, buscamos identificar se as histórias em quadrinhos estão sendo usadas em sala de aula pelos professores e os benefícios que elas trazem para o aprendizado, propondo espaços adequados dentro das bibliotecas escolares para a leitura das histórias em quadrinhos. Metodologia: Consultamos os PCN’s – Parâmetros Curriculares Nacionais – que citam a necessidade de uma nova releitura das práticas pedagógicas dentro da escola, mencionando os quadrinhos. Como arcabouço teórico utilizamos, autores como EISNER (1995), RAMOS (2012), VERGUEIRO (2010) para melhor entendimento da linguagem das HQs. Inicialmente visitamos o espaço da Escola de Ensino Fundamental e diálogo com a direção e professores do primeiro ciclo para verificar qual o entendimento que tinham sobre o assunto. Na Escola de Ensino Médio foi preparada uma apresentação para os professores no Núcleo de Linguagens e Códigos e logo em seguida foram preparadas cerca de cinco aulas abordando a origem e como ler uma HQs, além de discutir com os alunos assuntos relacionados à língua portuguesa e as HQs, utilizando os princípios da necessidade da “alfabetização necessária” apresentados por VERGUEIRO (2012). Resultados: Com o acompanhamento do professor de Literatura, trabalhamos com os alunos a obra de Álvares de Azevedo “Noite na Taverna”, em um primeiro momento a leitura da obra original, publicada em 1855, onde os alunos apontavam suas impressões e dificuldades, após o contato com a obra original, apresentamos a adaptação em História em Quadrinhos lançada em 2011 para fazermos um comparativo. Posteriormente os alunos produzirão seus próprios contos que serão adaptados em quadrinhos para uma futura exposição ou publicação. Conclusões: A partir da pesquisa feita e aplicada, na Escola de Ensino Fundamental, foram firmadas parcerias para a criação de um espaço para apreciação da Arte Sequencial para os alunos e professores, com o intuito de ampliar essa atividade para outras disciplinas e modalidades.

Palavras-chave: Arte Sequencial; Leitura e escrita; Criatividade e metodologia diferenciada

Anúncios